Cultura

O mar e a Marinha têm, para os portugueses, uma dimensão cultural muito expressiva. O significado e legado histórico dos descobrimentos, do mar, e o teor cultural e técnico-naval herdado dos antepassados não têm paralelo no mundo.
« Voltar
Home » A Marinha » Cultura » Aquário Vasco da Gama

​O Aquário Vasco da Gama foi inaugurado a 20 de maio de 1898, numa cerimónia de grande impacto público, na presença da Família Real e numerosas individualidades da época. Foi um dos primeiros aquários no mundo, sendo a sua construção ordenada pela Comissão Executiva da celebração do 4º Centenário da partida de Vasco da Gama para a viagem do descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia.

 

Na altura da inauguração o Rei D. Carlos, cuja influência havia sido determinante para a edificação do Aquário, realizou numa das suas salas uma exposição com o material zoológico por ele recolhido nas campanhas oceanográficas de 1896 e 1897.
 
O Aquário ficou propriedade do Estado, e em fevereiro de 1901, a sua administração foi entregue à Marinha, onde permanece até hoje como organismo cultural.
 
Em 1935 a Liga Naval Portuguesa doou ao Aquário Vasco da Gama a Coleção Oceanográfica D. Carlos I e respetiva Biblioteca. Desde então o Aquário Vasco da Gama tem sido responsável pela preservação deste precioso legado, parcialmente em exposição permanente nas salas do Museu. A parte restante da Coleção mantém-se reservada, mas disponível para a consulta de especialistas, com vista à realização de estudos científicos.
 
Atualmente o Aquário Vasco da Gama é fundamentalmente uma instituição didática, um centro de divulgação da vida aquática e de investigação. Tem vindo a sofrer ao longo do tempo várias transformações, no sentido de melhorar cada vez mais a exposição dos exemplares vivos e do espólio museológico, procurando cumprir da melhor forma possível o seu importante papel de Museu Vivo de História Natural.
 

FACTOS: 

  • O Aquário Vasco da Gama foi um dos primeiros aquários no mundo;
  • Contém, no seu espólio, a Coleção Oceanográfica D. Carlos I e a respetiva Biblioteca;
  • É atualmente um centro de divulgação da Vida Aquática e de investigação;
  • No ano passado, mais de 120.000 pessoas visitaram o Aquário.

Saiba mais sobre o Aquário Vasco da Gama.