Fragatas

Navios de 1.500 a 5.000 toneladas de deslocamento e comprimento entre 75 e 150 metros, possuem armamento anti-superfície, antiaéreo e anti-submarino, e são por natureza escoltas oceânicos, embora sejam navios de grande capacidade e versatilidade.
« Voltar
Home » Meios e Operações » Meios » Navios » Fragatas » NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
NRP Vasco da Gama
Galeria de Imagens

Classe Vasco da Gama

 

 Content Editor

 
Características
Comprimento 115,9m
Boca Máxima 14,2m
Deslocamento 3200t
Calado 6,2m
Propulsão
Vel. Máx. Motores Diesel 20 nós
Vel. Máx. Turbinas Gás 32 nós
Vel. Máx. Propulsão Cruzada 24 nós
Guarnição
Oficiais 20
Sargentos 40
Praças 109
Total 169
Destacamento de Helicóptero 19
Armamento
Peça de artilharia de 100mm
2x4 mísseis NATO SEA SPARROW (curto alcance de defesa antiaérea)
2x4 mísseis HARPOON (longo alcance)
2x3 reparos de tubos lança torpedos MK46
Sistema de defesa antimíssil e superfície (CIWS VULCAN-PHALANX)
Metralhadoras pesadas de 12,7 mm
Helicóptero Westland Lynx Mk95
Equipamentos
Radar de aviso combinado de médio alcance DA08
Radar de médio/curto alcance MW08
Radares de controlo de tiro STIR
Sistema de guerra eletrónica APECS II
Sistema de contramedidas antimíssil SRBOC
Sonar de médio alcance AN/SQS 510
Lançamento à água: 26-Jun-1989
Entrada ao serviço: 18-Jan-1991
​​
Brasão de Armas

Brasão de armas

Escudo enxaquetado de ouro e vermelho, de três peças em faixa e cinco em pala, as de vermelho, carregadas de dois filetes de prata postos em faixa. Em ponto de honra um escudete de prata, com cinco escudetes de azul dispostos em cruz, cada um carregado de cinco besantes de prata postos em aspa. Coronel naval de ouro forrado de vermelho. Sotoposto listel de prata ondulado, com a legenda a letras negras, maiúsculas de tipo elzevir, NRP VASCO DA GAMA.

 

Patrono

PATRONO

Foi Vasco da Gama o escolhido por D. João II para capitanear a expedição que preparava para explorar o caminho marítimo para a Índia.

Nascido em Sines, cerca de 1469, descendente de uma família nobre, Vasco da Gama desde jovem se interessava pelo mar, dando boa conta de si nas várias expedições em que participara, explorando a costa africana.

Em 8 de Julho de 1497 largou a Armada de Belém, composta pelas naus S. Gabriel, S. Rafael e pelo transporte Bérrio, tripulada por 170 homens, para executar a viagem que Camões imortalizou n'Os Lusíadas.

A Armada dobrou o Cabo em 22 de Novembro e em breve ultrapassou o limite das navegações de Bartolomeu Dias, começando então a descobrir novas terras; a costa do Natal a 25 de Dezembro, o rio Zambeze a 15 de Janeiro, a ilha de Moçambique e Mombaça, pouco depois.

Em Melinde embarcaram o piloto com quem governaram para Calecut, rica cidade da costa do Malabar, onde a Armada aportou em 20 de Maio de 1498.

Estava descoberto o caminho marítimo para a Índia há tanto tempo procurado, e era o culminar de tantos anos de esforços. Face aos problemas que entretanto surgem na Índia, Vasco da Gama volta lá em 1502 com uma armada de 20 navios, submetendo Quíloa e fazendo alianças com os reis de Cochim e Cananor, com o que deixa assegurado o domínio português no Oceano Índico. Regressa carregado de especiarias em 1504.

Em 1524 D. João III nomeia-o vice-rei da Índia, onde chega em Setembro, para lutar contra os abusos existentes que punham em causa a presença portuguesa na região. Vasco da Gama começa a atuar rigidamente e consegue impor a ordem, mas vem a morrer em Dezembro desse mesmo ano, sendo os seus restos mortais trazidos para Portugal.​

Factos

  • Nº de milhas percorridas: 474649 nm  (22 voltas ao mundo);
  • Nº de Horas de navegação: 38912h 29min;
  • 1621 dias no mar (mais de 4 anos e cinco meses ininterruptamente no mar).
​​