Hidrográficos

Navio especialmente construído ou equipado para a execução de trabalhos hidrográficos ou oceanográficos. Tem diversas capacidades científicas e técnicas para corresponder às atividades de Investigação e desenvolvimento. Podem dispor de áreas laboratoriais para pesquisar parâmetros biológicos, físicos e químicos, entre outras capacidades. Executam, em regra, missões de carácter científico de apoio às operações militares e à comunidade científica, em águas nacionais e internacionais.
« Voltar
Home » Meios e Operações » Meios » Navios » Hidrográficos » NRP Auriga
NRP Auriga
NRP Auriga
NRP Auriga
NRP Auriga
Galeria de Imagens

Classe Andrómeda

 

 Content Editor

 
​​
Características
Deslocamento 245t
Comprimento 31,4m
Boca 7,7m
Calado 3,1m
Propulsão
​Velocidade Máxima 12nós​
​Velocidade de Cruzeiro 10nós​
​Velocidade de Cruzeiro (motor elétrico) 5nós​
Guarnição
Oficiais 2
Sargentos 2
Praças 9
Total 13
Equipamento e Sensores
Radar Koden MDC-1540F
Grua hidráulica telescópica HIAB 60 SEA CRANE
Pórtico basculante de 2000 kg na popa
Guincho oceanográfico com cabo mecânico e electromecânico
Cegonha hidráulica de 400 Kg no través de EB
Cabrestantes de 2500 Kg e 5000 Kg a ré
Lançamento à água: 26-Mai-1987
Entrada ao serviço: 02-Mar-1988
Brasão de Armas

Flâmula HeráldicA

Flâmula de vermelho, com três coticas em banda de prata com a legenda em letras maiúsculas, do tipo elzevir, NRP Auriga. A parte oposta à ponta carregada de um braço armado de chicote movente da tralha, tudo em prata.

PATRONO

«Auriga» (do latim Aurigae) significa «O Cocheiro». Com forma pentagonal, é uma das constelações do hemisfério Norte, e faz fronteira com as constelações Camelopardalis, Lynx,Gemini, Taurus  e Perseus.

Constelação bem vista pelos pastores gregos, Auriga era a pregoeira do início da época da chuva, e, portanto, da esperança de erva verde e da garantia de sustento para os rebanhos durante todo o Inverno.

Na mitologia grega «O Cocheiro» representa-se como o guardador de rebanhos que, enquanto percorre o céu no seu carro, carrega uma cabra nos braços (Capella - a estrela mais brilhante da constelação). Conta-se que Júpiter, sem intento, partiu um corno a uma das cabras, e expressou o seu pesar enchendo-o com coisas boas - por isso, denominado de «corno da abundância» ou «cornucópia».

Ao desenhar-se a flâmula heráldica do NRP Auriga, entendeu-se adequado representar o facto no ordenamento em questão com um braço armado de chicote; para cores e metais escolheu-se: o vermelho, significado do valor da missão desta Unidade Naval – a hidrografia; e a prata, símbolo da água.

Factos

  • Guarnecida por 13 militares, a Auriga opera no domínio das ciências do mar, em estuários e zonas costeiras, sendo de salientar:
    • A capacidade para alojar investigadores e técnicos especializados;
    • Estar equipada com modernos sistemas de hidrografia, oceanografia e geologia marinha;
    • Dispor de um laboratório molhado e de uma área de trabalho de 30 m² no convés a ré;
    • A capacidade de levantamentos hidrográficos para a caraterização do fundo do mar e levantamentos geofísicos para caraterização do subsolo marinho;
    • O fundeamento de boias ondógrafo para a caraterização da agitação marítima na costa;
    • Emprego de sondadores acústicos e veículos subaquáticos controlados remotamente para deteção e localização de objetos como embarcações e aeronaves afundadas;

Desde o seu lançamento à água, a Auriga tem participado em diversos tipos de missões militares, de investigação e desenvolvimento e de apoio à Comunidade Científica Nacional e Internacional, sendo de destacar:

  • A missão de localização do pesqueiro Bolama, afundado na aproximação da barra do Tejo, em 1992;
  • O estudo e caracterização da dinâmica do canhão submarino da Nazaré, no âmbito do projeto da União Europeia Hotspot Ecosystem Research on The Margins of European Seas (HERMES), iniciado em 2005 e que envolveu 36 entidades de 15 países.
​​​​​