Serviços

Bem-vindo à área de serviços, onde encontra disponíveis diversas informações e contactos para o ajudar nas suas questões relacionadas com a Marinha e com o mar.
« Voltar
Home » Serviços » Estágios

A Marinha possui um programa anual de estágios curriculares não renumerados em diversas áreas do saber, e que decorre em múltiplas unidades e organismos.

Objetivo

Disponibilizar às instituições de ensino e de formação a possibilidade de realizar estágios curriculares não remunerados, em contexto real de trabalho dando a conhecer as boas práticas e o sentido de serviço público da Marinha. (Testemunhos​)

O que oferecemos?

A oportunidade de desenvolver competências e de melhorar os níveis de qualificação no âmbito da respetiva área de formação, através da partilha do conhecimento.
Áreas de estágio existentes

  • Estágios Âmbito Ensino Superior
  • Estágios Âmbito Formação Profissional

Como posso concorrer?

As solicitações para a realização de estágios na Marinha devem ser dirigidas, através de uma Carta de Candidatura acompanhada do CV, ao Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada, (através do endereço postal, Praça do Comércio, 1100-148 Lisboa), ou através do endereço eletrónico marinha.rp@marinha.pt.

Qual o enquadramento dos estágios na Marinha?

"Vem estagiar na Marinha", é este o repto lançado pela Marinha Portuguesa aos estagiários. Consciente da importância da cooperação institucional e da valia formativa resultante da colaboração entre as instituições académicas e as profissionais, a Marinha tem acompanhado a realidade nacional no sentido de proporcionar a alunos do secundário e do ensino superior a possibilidade de realizarem estágios, no âmbito dos respetivos cursos, contribuindo, deste modo, não só para a melhoria contínua dos seus níveis de qualificação em contextos reais de trabalho, mediante o desenvolvimento de experiências formativas e profissionais, mas também para a divulgação das regras, das boas práticas e do sentido de serviço público da Marinha no exterior.

Que tipo de estágios disponibiliza a Marinha?

A Marinha disponibiliza um conjunto de possibilidades de estágios curriculares não remunerados designado por Plano Anual de Estágios Curriculares não Remunerados. Para além dos estágios constantes neste Plano, poderão ainda ser consideradas outras candidaturas, as quais serão analisadas, casuisticamente nomeadamente:
  •  Estágios curriculares não remunerados relativos a outras áreas de formação que não as constantes no Plano Anual de Estágios Curriculares não Remunerados e estágios no âmbito do Programa Erasmus +;
  •  Estágios profissionais extracurriculares que sejam objeto de comparticipação pública (Ex Programa Leonardo da Vinci) ao abrigo do Decreto-Lei nº 66/2011, de 1 de junho, do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, nº 2 do art.º 1º.

Como acedo ao Plano Anual de Estágios?

Basta clicar aqui ou colocar  no motor de busca "Estágios na Marinha".

Como é feita a seleção dos candidatos?

A seleção de candidatos é efetuada por avaliação curricular, tomando-se em consideração as habilitações académicas e as classificações das disciplinas mais relevantes para o tipo de funções a desempenhar, a experiência anterior eventualmente existente. Para efeitos de apoio à tomada de decisão, os candidatos podem ser convocados para a realização de entrevistas.

Como se formalizam os estágios?

Para cada estágio superiormente autorizado, a unidade ou organismo de acolhimento assina com a instituição de ensino/formação uma Minuta de Protocolo, que especifica, entre outros:
  • A identificação das partes (Unidade/organismo da Marinha/entidade de ensino/formação);
  • Finalidade e objetivos do estágio;
  • Obrigações das partes;
  • Atividades a desenvolver durante o estágio;
  • Duração do estágio;
  • Outros elementos caracterizadores do estágio.

No início do estágio, os estagiários devem assinar um "Termo de Responsabilidade".

Em que período se pode formalizar os estágios?

Em qualquer momento.

Quando podem começar os estágios?

Consultada a Entidade de Acolhimento onde se irá realizar o estágio, esta manifesta a sua disponibilidade para o período solicitado pela Entidade de Ensino/Formação. Em caso de indisponibilidade, a Entidade de Acolhimento pode acordar com a Entidade de Ensino/Formação o período mais conveniente.

Os estágios são a tempo inteiro ou a tempo parcial?

A Entidade de Ensino/Formação, ao solicitar o estágio, deve indicar o regime de estágio, cabendo, contudo, à Entidade de Acolhimento a decisão sobre o regime mais conveniente.

Qual a duração dos estágios?

A Entidade de Ensino/Formação, ao solicitar o estágio, deve indicar a duração do estágio (horas de formação em contexto de trabalho ou meses), cabendo, contudo, à Entidade de Acolhimento a decisão sobre o período mais conveniente.

Os estagiários estão cobertos por algum seguro?

Não. Dado que se trata de estágios curriculares, os estagiários estão apenas cobertos pelo seguro escolar.

Os estagiários são remunerados?

Não. Dado que se trata de estágios curriculares, aos estagiários poder-lhes-á apenas ser concedido o direito a uma refeição principal (almoço) nos dias de permanência, em trabalho, na Unidade/Organismo de Acolhimento na Marinha.

Quais os procedimentos a observar após a autorização dos estágios?

A Direção de Formação envia um ofício para a Entidade de Ensino/Formação a informar de que o(s) estágio(s) foi(ram) superiormente autorizado(s) e a indicar o nome do Ponto de Contacto/Tutor da Unidade/Organismo de Acolhimento na Marinha e respetivos contactos a fim de a Entidade de Ensino/Formação acordar todos os aspetos relacionados com o início do estágio.

Como é feito o acompanhamento dos estagiários?

Os estagiários são acompanhados por um supervisor da Instituição de Ensino/Formação do estágio e por um supervisor (tutor) da Unidade/Organismo da Marinha de Acolhimento do estágio. A orientação técnica do estágio é da responsabilidade conjunta dos dois supervisores.
O plano de estágio é acordado entre os supervisores antes do início do período de estágio, precedendo a assinatura do "Termo de Responsabilidade".
Realizar-se-ão reuniões periódicas entre os supervisores do estágio e os estagiários, sempre que necessário. Preferencialmente, estas reuniões terão lugar no início do estágio e a meio do período atribuído à sua execução.

Quando deve ser apresentado o relatório?

A entrega do relatório de estágio ao respetivo supervisor/tutor da Marinha deverá ter lugar, impreterivelmente, até três dias antes do final do estágio.

A entidade de acolhimento pode passar um "certificado de frequência do estágio"?

Sim. Após entrega do relatório de estágio ao respetivo supervisor/tutor da Marinha, a Entidade de Acolhimento deverá, se para tal for solicitada, emitir um "Certificado de Frequência de Estágio", conforme modelo disponível.

Quem posso contactar para obter esclarecimentos?

Para outros esclarecimentos, poderá ser contactada a Direção de Formação (DF) - Repartição de Tecnologias de Formação, através da Professora Ana Paula Silva, Telefone 211593609/213255400 (Extensão 329607/329609), paula.silva@marinha.pt.​