Informação Marítima

Consulte a informação atualizada que a Marinha disponibiliza no seu portal.
« Voltar
Home » Serviços » Informação Marítima » Agitação Marítima

A implementação das capacidades de monitorização do meio marinho tem vindo a ser acompanhada, no IH, pelo desenvolvimento das capacidades de previsão operacional da evolução futura das condições oceanográficas. Impulsionado pelo projeto nacional MOCASSIM (2001-2005), este desenvolvimento tem permitido implementar diversos modelos numéricos, alguns com capacidades de assimilação de dados, e criar produtos específicos para utilizadores como a Marinha na sua vertente de duplo uso, as autoridades locais, a comunidade piscatória, os surfistas, a navegação marítima ou de recreio ou a comunidade científica.

 

Diariamente são disponibilizadas, na página eletrónica do IH, as previsões de agitação marítima a 6 dias para todo o globo ou, com maior resolução, para um conjunto de áreas em torno de Portugal Continental e das Regiões Autónomas dos Açores e Madeira. Para o apoio às operações navais e em situações de crise são também utilizados modelos semi-operacionais que preveem a evolução das correntes e parâmetros hidrológicos em áreas extensas entre a superfície e o fundo. A este conjunto de modelos são acoplados módulos que permitem prever a deslocação de náufragos ou objetos à superfície devido às correntes superficiais, a evolução de derrames hidrocarbonetos ou as modificações das condições de propagação acústica.

Bóias Ondógrafo e Previsão

O IH mantém, em parceria com diversas Instituições, uma rede de estações ondógrafo em Portugal Continental e Região Autónoma da Madeira. Na Região Autónoma dos Açores existe também um conjunto de estações ondógrafo, no âmbito do projeto CLIMAAT/CLIMARCOST conduzido pela Universidade dos Açores, e cuja informação pode ser consultada na página do referido projeto

 

Consulte o atual estado do mar e as previsões para os próximos dias.

Rede de boias multi-paramétricas

No quadro dos projetos europeus MONICAN (EEA Grants) e RAIA (Interreg), foi iniciada a operação de uma rede de boias oceânicas multi-paramétricas que permitem monitorizar a agitação marítima, o vento e outros parâmetros meteorológicos, a temperatura e corrente nas primeiras centenas de metros e ainda parâmetros de qualidade da água (oxigénio dissolvido, concentração de clorofila e de partículas em suspensão, e a presença de hidrocarbonetos à superfície).

 

Saiba mais em:
http://monican.hidrografico.pt
http://www.observatorioraia.org/mg-web-raia/index.action