Serviços

Bem-vindo à área de serviços, onde encontra disponíveis diversas informações e contactos para o ajudar nas suas questões relacionadas com a Marinha e com o mar.
« Voltar
Home » Serviços » NTM Creoula

​O NTM Creoula tem como missão, proporcionar aos jovens o contacto com o mar e a experiência de uma vida de bordo. Todos os anos, habitualmente entre maio e finais de setembro, o Creoula realiza cruzeiros com duração e trajetos variáveis, podendo ocupar um fim-de-semana ou alguns dias de navegação.

 

Durante o embarque, os jovens instruendos conhecem uma plena integração na vida de bordo, experimentando desde as tarefas de um velejador profissional – içar velas, marear o pano, fazer navegação, leme, vigia -, até ao trabalho na casa das máquinas e na cozinha de bordo, não esquecendo a baldeação do navio e as limpezas diárias.
 
As instituições que pretendam efetuar uma viagem no Creoula devem dirigir o seu pedido ao Ministério da Defesa Nacional até 15 de novembro do ano anterior ao pretendido para o embarque, onde devem expor os objetivos da viagem e o período desejado e os portos a visitar.
 
O Creoula é um lugre de quatro mastros. Construído no início de 1937 nos estaleiros da CUF para a Parceria Geral das Pescarias, o navio foi lançado à água no dia 10 de maio e efetuou ainda nesse ano a sua primeira campanha de pesca. Um número a reter é o facto de o navio ter sido construído no tempo recorde de 62 dias úteis.
 
As obras-vivas a vante, com particular destaque para a roda da proa, tiveram construção reforçada uma vez que o navio iria navegar nos mares gelados da Terra Nova e Gronelândia.
 
Em 1979 o Creoula foi adquirido por compra à Parceria Geral de Pescarias pela Secretaria de Estado das Pescas, com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, com a finalidade de nele ser instalado um museu de pesca.
 
Na primeira docagem levada a efeito, verificou-se que o seu casco se encontrava em ótimas condições, tendo então sido deliberado que o navio se manteria a navegar e seria transformado em Navio de Treino de Mar (NTM) para apoio na formação de pescadores e possibilitar a vivência de jovens com o mar. Para tal, a zona de meio navio, onde ficava o porão de peixe, foi redimensionada a aproveitada para as cobertas de instruendos, camarotes e câmara de sargentos, refeitório das praças e instruendos, casas de banho e estação tratadora de esgotos. Em 1992 o navio sofreu algumas alterações na zona de meio navio, de que se destaca o aproveitamento duma das cobertas de instruendos em benefício de um espaço que funciona como biblioteca e sala de aulas.
 
Saber mais sobre o NTM Creoula.         
 

 Content Editor

 

Galeria de Imagens

    Local:

    Data:

    Categoria: