Page 6 - Revista da Armada

 

 

 

 

 

Page 6 - Revista da Armada
P. 6

REVISTA DA ARMADA | 524

          NRP CORTE-REAL



          POST 2017







































          O INÍCIO                                            contacto com o Staff do FOST deu-se no dia 28 de agosto, pri-
                                                              meiro dia da fase de terra.
            largada do navio deu-se no dia 21 de agosto, rumo a Plymouth,   A semana de terra, excetuando o dia do MASC, foi realizada
         A no sul de Inglaterra, tendo a chegada à Base Naval de Devonport   com o navio atracado. O seriado desta semana foi constituído
          tido lugar no dia 25. Durante este trânsito foi terminada a fase final   por palestras, table tops e exercícios de porto, tendo as séries
          dos alinhamentos dinâmicos, logo no primeiro dia, tendo os res-  mais relevantes sido os incêndios de porto para o grupo de ser-
          tantes dias sido dedicados a ultimar os preparativos para a impor-  viço, carregamento de armas, basin trial (testes à instalação pro-
          tante missão de treino que se avizinhava. Foi também realizado um   pulsora atracado), treino de falha total de energia a bordo, inspe-
          pequeno seriado de treino focado na preparação do Material Asses-  ção de porto e treino de ameaça de engenho explosivo.
          sment and Safety Check (MASC) e das áreas chave do treino.  Durante o MASC, dia 30 de agosto, foram testados todos os
           Seguindo a intenção da NATO de retomar o treino e as valências   equipamentos e procedimentos de segurança, com o objetivo de
          contra a ameaça Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR),   determinar se estavam reunidas as condições para prosseguir o
          no Portuguese Operational Sea Training 2017 (POST17) foi tam-  treino. O navio foi então considerado pronto e seguro, podendo
          bém inserida esta premissa no treino. Nesse sentido, o navio lar-  assim avançar para a fase seguinte.
          gou para o POST munido de material de proteção individual e cole-
          tiva,  material  de  monitorização/medição  radiológica  e  material   A FASE DE MAR
          de descontaminação química. Durante o trânsito para Plymouth
          investiu-se no treino de envergar equipamento de proteção indivi-  O ritmo de batalha da fase de mar, ao longo das 4 semanas desta
          dual contra ameaça NBQR e na explicação e treino do circuito de   fase de treino, foi algo similar de semana para semana, com grau
          descontaminação de bordo.                           crescente de dificuldade, permitindo ao navio uma adaptação a um
                                                              ritmo de treino, sistematizando a aprendizagem e incrementando o
          SYLLABUS DO POST17                                  seu desempenho à medida que as séries de treino evoluíam.
                                                               A rotina semanal começava ao domingo, com o regresso de licen-
           O POST17 foi composto por uma semana de treino de terra (28ago   ças logo após a hora de almoço, de forma a preparar a semana e a
          a 1set) seguida de quatro semanas de treino de mar (4 a 28set) em   realizar o briefing semanal a toda a guarnição, onde as palavras do
          que o NRP Corte-Real desempenhou as funções de Comandante   Comandante davam o “pontapé de saída” para mais uma semana
          de Força Naval (CTG) durante todas as semanas de treino no mar.  de desafios e ajudavam a cimentar o essencial espírito de corpo.
                                                               À segunda-feira era realizado um exercício de defesa antiaérea
          CHEGADA A PLYMOUTH E FASE DE TERRA                  que servia de aquecimento para o resto da semana, sendo tam-
                                                              bém realizadas séries de marinharia e navegação (Pilotex, mano-
           Não tendo existido a possibilidade de realizar as habituais reu-  bras e evoluções, reboque, aproximações RAS, etc.). No final do
          niões setoriais para coordenação do treino (POLV ), o primeiro   arco diurno foram realizados exercícios de luta de superfície, em
                                                 1

          6   DEZEMBRO 2017
   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11