Portugal reforça apoio às operações de salvamento de migrantes no Mediterrâneo
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasPortugal reforça apoio às operações de salvamento de migrantes no Mediterrâneo
O navio patrulha costeiro “Douro”, da Marinha portuguesa, largou hoje, dia 17 de agosto, da Base Naval de Lisboa, em direção ao Mediterrâneo Central para participar na operação internacional conjunta THEMIS, sob égide da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira FRONTEX.

17 de agosto de 2018, 16:31

Até 10 de Outubro, o NRP Douro, com uma guarnição de 25 militares reforçada por uma equipa de 5 fuzileiros e 2 mergulhadores, irá patrulhar as áreas marítimas a sul de Itália, contribuindo para o controlo da rota de migração irregular em direção às fronteiras externas da União Europeia, reforçando as operações de busca e salvamento de migrantes náufragos, para evitar a perda de mais vidas humanas nesta região, bem como contribuir para a prevenção e deteção de crimes transfronteiriços, tais como, o narcotráfico, o tráfico de armas, o tráfico de migrantes, entre outros.

A Operação THEMIS é uma missão de segurança marítima, no âmbito da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira FRONTEX, que decorre no Mediterrâneo Central, em coordenação com as autoridades italianas. Esta operação conta com a participação de diversos meios navais e aéreos de várias organizações e países da União Europeia, com o objetivo de controlar as fronteiras externas da União Europeia.

Nesta operação, Portugal conta ainda, desde o dia 15 de julho e até 24 de setembro, com a fragata da Marinha portuguesa “Álvares Cabral”, a qual, neste período, já apoiou a realização de operações de salvamento em massa nesta região.​




Partilhar

Conteúdo