NRP Bérrio
Classe NRP Bérrio

O NRP Bérrio foi construído nos estaleiros Swan Hunter em Wallsend-on-Tyne no Reino Unido, tendo sido lançado à água a 11 de novembro de 1969. Entrou ao serviço da Royal Fleet Auxiliary (RFA) em 15 de julho de 1970. Foi adquirido e aumentado ao efetivo dos navios da Armada Portuguesa em 31 de março de 1993, com o objetivo de substituir o NRP São Gabriel, tendo sido batizado com o nome NRP Bérrio.
Brasão de ArmasEscudo de prata, com uma banda de negro acompanhado de uma águia, do mesmo negro, em chefe. Coronel naval de oiro, forrado de vermelho. Sotoposto listel em prata com a inscrição em letras negras tipo elzevir NRP BERRIO.
PatronoO NRP Bérrio herdou o nome de uma das caravelas da frota de Vasco da Gama quando este descobriu o caminho marítimo para a Índia. Chamou-se "Bérrio", por ter sido comprada a D. Manuel Bérrio, um piloto natural de Lagos muito considerado no reinado de D. Manuel. Realça-se
característicasComprimento140,6mBoca Máxima19,2mDeslocamento11522tCalado7,3m

​​​​MISSÃO E EMPREGO

Navio fundamental para a sustentação de uma Força Naval no mar garantindo apoio logístico a diversas Forças Navais nacionais ou aliadas. Por rotina, participa em exercícios nacionais e internacionais, sendo fundamental para o treino e aprontamento de outras unidades navais. Participou em diversos teatros de operações e missões no âmbito do apoio à política externa do Estado, nomeadamente: Operação "Sharp-Guard" no Mar Adriático, em 1995, Operação humanitária na República da Guiné-Bissau, em 1998, Operação Manatim, em 2012, pronto para evacuar da Guiné-Bissau cidadãos nacionais e de países amigos. 

Partilhar

Conteúdo