A fragata D. Francisco de Almeida regressou de missão da NATO
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasA fragata D. Francisco de Almeida regressou de missão da NATO
A fragata D. Francisco de Almeida regressou hoje a Lisboa, após mais de 100 dias de missão e cerca de 1500 horas de navegação.

11 de novembro de 2019, 17:18

​​​Após a integração na missão, em Brest (França) no dia 04 de agosto, o navio navegou na companhia de outras unidades navais do SNMG1, pertencentes às Marinhas Norte-americana, Norueguesa, Belga e Holandesa, destacando-se a passagem da Força por Norfolk, Halifax, Lisboa, Rota e Portsmouth.

Enquadrado no MARITIME EXPRESS, uma nova abordagem para as forças navais da NATO, que visa integrar, ao longo do ano, um conjunto de exercícios realizados em diversos países da Aliança, com o objetivo de aumentar a interoperabilidade das marinhas da NATO, destaca-se a participação do navio português nos exercícios:

-CUTLASS FURY 19, realizado em setembro, no Canadá,  num cenário de artigo 5º do Tratado da NATO;

-DYNAMIC MARINER 19, realizado em outubro, no Sul de Espanha, e que teve por objetivo a certificação do NATO Response Force (NRF) Maritime Component Commander (MCC), que irá assumir o comando marítimo da NRF no ano de 2020, tendo envolvido um largo espectro de meios aéreos, marítimos e terrestres de 11 países e cerca de 5000 militares.

Já na parte final do empenhamento na missão, e após uma paragem da força naval em Lisboa, de 25 a 28 de outubro, o SNMG1 rumou para norte, de modo a participar na “guerra semanal" do Operational Sea Training ao largo de Plymouth, no dia 31 de outubro de 2019. 

Esta força naval permanente da NATO, visa garantir uma capacidade marítima continua e contribuir para a segurança dos estados membros da Aliança Atlântica, contribuindo para a dissuasão e defesa coletiva, gestão de crises, segurança cooperativa e segurança marítima.


Partilhar

Conteúdo