Duzentos militares da Marinha cumprem missão na NATO e regressam a Portugal
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasDuzentos militares da Marinha cumprem missão na NATO e regressam a Portugal
A fragata Corte-Real regressa esta sexta-feira a Lisboa, após três meses de missão na Força Naval Permanente da NATO, Standing NATO Maritime Group 1 (SNMG1). No final da missão registam-se 1406 horas de navegação, 68 horas de voo por parte do helicóptero orgânico e 17.044 milhas náuticas percorridas, o equivalente a cerca de 32.000 quilómetros.

28 de novembro de 2018, 18:57

​A missão atribuída ao NRP Corte-Real decorreu no quadro de um conjunto de medidas de tranquilização designadas por Assurance Measures, destinadas a demonstrar a coesão da NATO e o seu compromisso com a defesa coletiva face a qualquer possível ameaça.

Ao longo dos 3 meses de missão o navio esteve em operações no Mar Báltico e no Mar do Norte e participou num intenso programa de treino que incluiu: Guerra submarina, aérea e de superfície, Tiro de artilharia, manobras de reabastecimento e abordagem. Destaca-se a participação ao largo da Noruega no maior exercício da NATO de todos os tempos - Trident Juncture 18 – que envolveu 50 mil participantes de 31 países, 65 navios e 250 aeronaves, onde foi atribuída ao navio português a função de Force Anti-surface Warfare Commander (FASUWC), comandante de guerra de superfície.

Durante este exercício realça-se ainda a visita do Secretario Geral da NATO, Jens Stoltenberg, e a passagem do Círculo Polar Ártico, momento raro para um navio da nossa Marinha.

Os períodos de permanência nos portos revestiram-se também de grande importância, pela possibilidade de receber a bordo as comunidades portuguesas na diáspora. Foram visitados nove países, tendo o navio português atracado nos portos de Turku, Tallinn, Gdynia, Frederikshavn, Cherbourg, Den Helder, Trondheim, Dundee, Oslo e Karlskrona. De destacar ainda a participação nas cerimónias dos 100 anos do armistício em Dundee e a receção a bordo do Corpo Diplomático Nacional.

A participação do navio contou com um helicóptero Lynx MK95 e uma equipa de abordagem de Fuzileiros num efetivo total de 200 militares.


Programa para dia 30 de novembro

10h10 - Hora limite de chegada ao cais do VTS

             Embarque na Fragata Corte-Real

12h30 - Chegada à Base Naval de Lisboa, no Alfeite

Nota: Os órgãos de comunicação social que pretendam acompanhar a chegada do navio, deverão confirmar a sua presença até às 16h00 do dia 29 de novembro, para marinha.rp@marinha.pt.

Comandante Fernando Fonseca - 91 900 2002

​​Tenente Carla Morais – 91 989 3878​


Partilhar

Conteúdo