"Levo para a vida o rigor"
Notícia

O segundo-marinheiro João Inocêncio entrou para a Marinha Portuguesa em 2019, com apenas 19 anos. Atualmente, presta serviço no Corpo de Fuzileiros.

15 de outubro de 2022, 11:05

​​​​Natural de Cascais, João queria pertencer a uma força ligada ao meio marítimo, por isso após concluir o 12º ano, na área de humanidades, decidiu concorrer à Marinha para a classe de Fuzileiro. Alcançado o tão desejado objetivo, o marinheiro Caldeira Inocêncio teve já oportunidade de participar recentemente numa missão da NATO, na Lituânia, que considera ter sido uma experiência única "por ter representado o nosso país numa missão internacional". 

Um dos momentos mais especiais da sua carreira foi a imposição da boina porque é o alcançar de um sonho após um processo exigente, com bastantes dificuldades, mas que é possível se houver força de vontade, como refere o militar da Marinha. Aliás, o maior conselho que dá aos jovens que queiram ingressar na classe de fuzileiros, é que nem tudo é uma questão de físico, a força de vontade é que ajuda a conseguir o que se quer.

Também tu podes ser Fuzileiro. Concorre até 19 de outubro aqui.​ 


segundo marinheiro João Inocêncio




​​

Partilhar
Conteúdo