Marinha comemorou Dia Mundial da Criança com mais de 1.000 crianças em parceria com a Fundação Luís Figo
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasMarinha comemorou Dia Mundial da Criança com mais de 1.000 crianças em parceria com a Fundação Luís Figo
A convite da Fundação Luís Figo e em parceria com a Marinha Portuguesa, a manhã deste dia 1 de junho foi vivida de forma muito especial.

01 de junho de 2021, 18:32

Luís Figo iniciou a sessão, dando as boas-vindas a todos e agradecendo a parceria com a Marinha Portuguesa, que tornou possível esta ação. Prosseguiu dizendo que “não quisemos deixar de cumprir a tradição de assinalar e comemorar esta data tão especial.”

Mais de mil crianças com idades a partir dos três anos e jovens de todo o país, de IPSSs como a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa – Casa de Acolhimento Novo Rumo, a Santa Casa da Misericórdia da Amadora, a Santa Casa da Misericórdia de Almada ou a CPR –, Casa de Acolhimento para Crianças Refugiadas, também de escolas de zonas mais carenciadas como o Agrupamento de Escolas da Trafaria, o Agrupamento de Escolas Ruy Luís Gomes, no Laranjeiro ou o Agrupamento de Escolas de Marvão, assim como, os que se encontram em ambiente hospitalar nos serviços de pediatria de hospitais de norte a sul do país, como o Hospital da Figueira da Foz, o Hospital de Leiria, o Hospital Pediátrico de Coimbra, Hospital de Santa Maria em Lisboa, Hospital Garcia de Orta em Almada ou o Hospital de Portalegre, as​​sistiram, através da plataforma Zoom, a uma visita virtual ao Aquário Vasco da Gama, em Lisboa. À semelhança do ano passado, os constrangimentos da pandemia não permitem ainda uma comemoração presencial, mas isso não impediu que a Fundação Luís Figo festejasse este Dia Mundial da Criança.

Sensibilizar os mais novos para a preservação dos oceanos foi uma das mensagens transmitidas pelos biólogos que guiaram a visita, dando-lhes ainda a saber várias curiosidades sobre a riqueza histórica do museu do aquário. Através de um conjunto de painéis interativos, as crianças e jovens tiveram a oportunidade de descobrir “Um Mar de Formas”. Ficar a conhecer a fauna portuguesa, como anémonas, polvos, caranguejos, ou ainda moreias e cavalos-marinhos e perceber que existe relação entre as diversas formas das espécies e os seus modos de vida no meio aquático. 

No final houve um espaço dedicado a colocar questões e esclarecimento de dúvidas.

Luís Figo desejou “a todas as crianças e jovens aqui presentes, de norte a sul do país, sejam de instituições, escolas ou que estejam neste momento em hospitais, que se divirtam e disfrutem deste momento e que fiquem a saber muitas curiosidades sobre o mundo aquático!”; “Que esta seja mais uma memória feliz que a Fundação Luís Figo vos deixa”, concluiu. 

Com esta iniciativa interativa, lúdica e didática, com a parceria da Marinha, a Fundação Luís Figo pretende continuar a proporcionar experiências únicas e memoráveis às crianças e jovens participantes.



Partilhar

Conteúdo