NRP Setúbal fundeou em Príncipe após patrulha conjunta com Navio da Armada Espanhola
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasNRP Setúbal fundeou em Príncipe após patrulha conjunta com Navio da Armada Espanhola
O navio patrulha oceânico da Marinha Portuguesa NRP Setúbal fundeou no dia 28 de abril na baía de Santo António em Príncipe, após ter realizado no dia anterior, patrulha conjunta com o navio da Marinha Espanhola ESPS Furor.

29 de abril de 2021, 12:50

​​Depois de largar do porto de Lobito, o NRP Setúbal, prosseguiu missão para norte onde, no dia 27 de abril, iniciou patrulha conjunta com o ESPS Furor no âmbito do projeto piloto da União Europeia, presenças marítimas coordenadas, entre o Gabão e a zona económica exclusiva (ZEE) de São Tomé e Príncipe. No decorrer do período da patrulha conjunta com incidência na segurança marítima em alto mar, na área do Golfo da Guiné, foi possível desenvolver diversas ações de operações militares focando o treino de reabastecimento do mar, por forma a manter a sustentabilidade dos navios em teatros de operações, partilha de informação e compilação do panorama de superfície através de comunicações táticas e treino de abordagem a embarcações suspeitas de ações de pirataria, narcotráfico e tráfico de armas. Por fim, o navio patrulha oceânico Setúbal, realizou, no arco noturno, patrulha com o NRP Zaire até à chegada ao Príncipe.

O NRP Setúbal é comandado pelo capitão-de-fragata Artur Jorge Martins Dias Marques e possui uma guarnição de 58 militares, contando ainda com a presença de um Oficial da Guarda-Costeira dos Estados Unidos da América e um Oficial da Marinha do Brasil.



Partilhar

Conteúdo