Resgate de norte-americano na Madeira
Notícia

A Marinha, através do Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal (MRSC Funchal) em coordenação com o Capitão do Porto do Funchal e em articulação com o Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC IP-RAM) coordenou uma operação de resgate, durante a tarde de segunda-feira, dia 30 de setembro, de um homem norte-americano, de 66 anos, do navio de pasageiros "Crown Princess", de bandeira das Bermudas, ao largo do Porto Moniz.

01 de outubro de 2019, 10:49

​​O alerta foi recebido no MRSC Funchal pelas 18h45 através do contato telefónico do navio e foi, de imediato, encaminhado para o INEM - Centro de Orientação de Doentes Urgentes no Mar (CODU-Mar), entidade com competência para avaliar a situação clínica do passageiro, decidindo que, face ao quadro clínico o resgate teria de ser imediato e urgente.

Nesse sentido, e considerando a posição do navio, foi solicitado que se aproximasse do Porto Moniz, tendo o resgate a sido realizado cerca das 20h30, com recurso à embarcação salva-vidas da SANAS Madeira (SANAS105), de acordo com o protocolo de cooperação entre a Marinha, a Autoridade Marítima Nacional e a Associação Madeirense para o Socorro no Mar, em cumprimento do Plano Integrado de Salvamento Marítimo da Região Autónoma da Madeira. 

O passageiro desembarcou no Porto Moniz pelas 20h45, onde era aguardado por uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz e por uma equipa da EMIR, previamente ativada pelo SRPC IP-RAM através do MRSC Funchal, e p​osteriormente transportado para o Hospital Nélio Mendonça no Funchal.

Partilhar

Conteúdo