Salvamento marítimo com resgate de tripulante espanhol com dedo amputado
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasSalvamento marítimo com resgate de tripulante espanhol com dedo amputado
O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa coordenou hoje uma operação de resgate médico de um indivíduo do género masculino, com 40 anos, tripulante do navio mercante Bahia de Alcudia, que se encontrava a navegar a 35 milhas náuticas, cerca de 65 km, a oeste de Peniche, devido a amputação de um dedo.

05 de agosto de 2020, 15:09

​O alerta foi recebido no MRCC Lisboa ao início do dia, através de contacto telefónico do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Madrid, a informar de que o contramestre do navio mercante necessitava de evacuação médica. De imediato foram articuladas todas as entidades para corresponder à devida e necessária assistência.

Após avaliação médica por parte do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU-Mar) foi confirmada necessidade de evacuação médica e para tal foi divergido o navio por forma a ser empenhada embarcação da Estação Salva-vidas de Cascais, que procedeu ao resgate. 

O elemento, de nacionalidade espanhola, foi levado posteriormente para a marina de Cascais onde uma ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) o aguardava e que efetuou o transporte para o hospital São Francisco Xavier, em situação estável.

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa é um dos órgãos do Serviço de Busca e Salvamento Marítimo, que funciona no âmbito da Marinha, e é o serviço responsável pelas acções de busca e salvamento relativas a acidentes ocorridos com navios ou embarcações.


Partilhar
Conteúdo