Selo presta homenagem aos 30 anos das fragatas da Classe Vasco da Gama
Notícia

Portal da MarinhaPortuguês (Portugal)Media CenterNotíciasSelo presta homenagem aos 30 anos das fragatas da Classe Vasco da Gama
Decorreu esta manhã, a bordo da fragata Álvares Cabral, na Base Naval do Alfeite, a cerimónia de lançamento dos selos alusivos aos 30 anos das fragatas da classe Vasco da Gama, presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, almirante António Mendes Calado. A cerimónia contou com a presença e intervenção do Diretor da Filatelia dos CTT, Dr. Raul Moreira.

18 de maio de 2021, 19:45

A Bandeira Nacional foi içada, pela primeira vez, a bordo das fragatas NRP Vasco da Gama, NRP Álvares Cabral e NRP Corte-Real no ano de 1991. Nestes trinta anos ao serviço de Portugal, os três navios da classe Vasco da Gama participaram em inúmeras missões e operações em todo o mundo, desempenhando diversas tarefas e representando Portugal em defesa dos interesses nacionais em várias partes do globo, designadamente nos oceanos Atlântico e Índico, no mar Mediterrâneo, no mar do Norte, no mar Adriático e no mar Báltico, entre outros.

A entrada das três fragatas da classe Vasco da Gama ao serviço da Marinha representou a atualização e modernização de procedimentos e conceitos operacionais que permitiram atualizar a esquadra e todo o universo que a rodeia, como o apoio logístico, a formação e o Treino. Permitiu ainda à Marinha continuar como uma importante parceira junto das organizações internacionais.

A fragata Vasco da Gama é o primeiro navio da classe e foi em 18 de janeiro de 1991 que a Bandeira Nacional foi içada a bordo, pela primeira vez.

O NRP Álvares Cabral é o segundo navio da classe Vasco da Gama foi aumentado ao efetivo dos navios da Marinha no dia 24 de maio de 1991.

A fragata Corte-Real é o terceiro e ultimo navio desta classe tendo sido aumentada ao efetivo em 22 de novembro de 1991.

Ao longo destes 30 anos, os três navios da Marinha já navegaram mais de 500 mil milhas náuticas cada um, cumprindo as mais diversas missões ao serviço de Portugal, o que perfaz mais de 1.500 mil milhas no total, o equivalente a mais de 70 voltas ao mundo.




​ 



Partilhar

Conteúdo