NRP ALMIRANTE GAGO COUTINHO
CLASSE D. CARLOS I

O NRP Almirante Gago Coutinho, da classe D. Carlos I, esteve ao serviço da Marinha dos EUA, tendo sido transferido para a Marinha Portuguesa em 30 de setembro de 1999.
BRASÃO DE ARMASEsquartelado de ouro e púrpura, com um astrolábio entre cambado. Coronel naval de ouro forrado de vermelho. Sotoposto, listel de prata, enrolado, com a legenda em letras negras, maiúsculas, de tipo elzevir NRP ALMIRANTE GAGO COUTINHO.
PATRONOO vice-almirante Carlos Viegas Gago Coutinho, distinto oficial da Armada e notável geógrafo e navegador, nasceu em Lisboa a 17 de novembro de 1869, onde fez o curso do Liceu e, depois de frequentar a Escola Politécnica, em 1885-86, entrou na Escola Naval, concluindo o curso em 1888.
CaracterísticasDeslocamento2285tComprimento68,3mBoca13,1mCalado Máximo5,6m

MISSÃO E EMPREGO

Este Navio, após a chegada a Portugal, passou ao estado de desarmado a aguardar financiamento para a instalação de equipamentos e para a sua conversão em navio hidrográfico. Em maio de 2007, após um ano e meio de fabricos, terminou o processo de conversão num navio hidrográfico.

Do equipamento científico do navio, realçam os sistemas sondadores multifeixe, que permitem a execução de levantamentos hidrográficos até aos 11 000 metros de profundidade, o perfilador acústico de correntes, possibilitando a medição de correntes até aos 700 metros de profundidade, o perfilador de sedimentos, para levantamentos sísmicos e os perfiladores de velocidade de propagação do som na água, que permite colheitas até aos 2 000 metros de profundidade.

Desde maio de 2007, com a atual configuração, o NRP Almirante Gago Coutinho executou diversas missões de carácter científico em águas nacionais e internacionais, de destacar o apoio às operações navais, os levantamentos hidrográficos para o projeto de extensão da plataforma continental e as campanhas oceanográficas para o estudo do ambiente marinho, no âmbito de vários projetos de monitorização ambiental, como o observatório submarino do canhão da Nazaré.

Partilhar

Conteúdo