NRP Dragão
CLASSE ARGOS

A lancha NRP Dragão é a segunda de uma classe de cinco à qual foi atribuído o nome de Argos. Lançada à água em 26 de julho de 1991 e entregue em 18 de outubro de 1991, foi projetada e construída nos estaleiros do Arsenal do Alfeite, tendo o casco sido construído nos estaleiros da CONAFI, em Vila Real de Santo António.
Flâmula HeráldicaFlâmula de quatro bandas, de vermelho e prata, a primeira carregada de um dragão de ouro. Listel de ouro sobreposto à linha de partição da cor e do metal filetado a negro sobre a prata, com a legenda em letras negras tipo elzevir NRP DRAGÃO.
PatronoDragão é o nome de uma constelação. A mitologia grega sobre o Dragão diz respeito às Maçãs Douradas das Hespérides e ao 11.º Trabalho de Héracles. O 11.º trabalho de Hércules passava por roubar as maçãs douradas da macieira que Gaia (Mãe Terra) havia dado a
característicasComprimento27mBoca Máxima5,9mDeslocamento94tCalado2,8mVelocidade Máxima26nós

​MISSÃO E EMPREGO

Esta lancha de fiscalização rápida desempenha missões no âmbito da segurança e autoridade do Estado nos espaços marítimos sob jurisdição nacional, em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, nomeadamente no patrulhamento e fiscalização das águas sob jurisdição nacional - com maior incidência no mar territorial, colaboração em ações de busca e salvamento marítimo e apoio no combate à poluição.

Pontualmente, participa em exercícios navais nacionais e exercícios de oportunidade com navios de guerra de marinhas estrangeiras em trânsito por águas nacionais.

Em termos de formação, efetuou estágios de embarque de militares da Guarda Nacional Republicana, no âmbito da preparação para o desempenho de funções a bordo das Lanchas de Vigilância e Interceção ao serviço daquela força de segurança.

Partilhar

Conteúdo