NRP Orion
CLASSE CENTAURO

O NRP Orion foi aumentado ao efetivo dos navios da Armada, no dia 27 de março de 2001, em cerimónia ocorrida no estaleiro do Arsenal do Alfeite. Esta cerimónia coincidiu com o aumento ao efetivo dos NRP Pégaso e Sagitário. O NRP Orion é o segundo de quatro lanchas de fiscalização rápidas da classe Centauro, projetadas e construídas pelo Arsenal do Alfeite.
Flâmula heráldicaFlâmula de verde com três coticas em banda, de prata, com a legenda em letras negras, NRP ORION. A parte oposta à ponta carregada com a figura mitológica que se sobrepõe à constelação de Orion, de prata, avivada a negro.
PATRONOOrion é o nome de uma constelação. Na mitologia grega, Orion era um gigante, filho de Poseidon e de uma mortal, exímio caçador ao serviço de Artémis, e apaixonado por Mérope. Furioso com esta relação, o pai de Mérope, ajudado por Dionísio, cegou o gigante.
CARACTERÍSTICASComprimento27mBoca Máxima5,9mDeslocamento94tCalado2,8mVelocidade Máxima26nós

​​​​​​MISSÃO E EMPREGO

O NRP Orion é o segundo de quatro lanchas de fiscalização rápidas, concebidas para a fiscalização e controlo das atividades da pesca e diversas missões de interesse público.

Desde o seu aumento ao efetivo, tem vindo a ser empenhada em diversas missões no âmbito da segurança e autoridade do Estado no mar.

Ao abrigo de protocolos e acordos estabelecidos, efetuou embarques regulares de elementos do Serviço Nacional de Bombeiros e de militares da Guarda Nacional Republicana.

Em 27 de Fevereiro de 2004 concluiu, nos estaleiros do Arsenal do Alfeite, um período de manutenção que incluiu a colocação de mais dois tanques de combustível, aumentando a sua autonomia.

Partilhar

Conteúdo